Consultor comportamental fala do balanço da vida pessoal

0
47

Todo começo de ano é sempre marcado por uma lista de promessas, metas traçadas para que o ano novo seja melhor que o ano que passou. Bom, já estamos no final de 2018. Você ainda se lembra das promessas feitas no réveillon passado? Já marcou como cumprida alguma das metas traçadas para 2018? Abaixo leia o que o psicólogo e consultor comportamental José Soares avalia o sentimento das pessoas nesta época do ano.

“Já ouviu a expressão “fechado para balanço”? É utilizada para o período em que o estabelecimento comercial fecha as portas para conferir o trabalho do ano. Muitas pessoas também resolveram aderir à proposta em sua vida pessoal. Se fecham para balanço, fazem a contabilidade, reavaliam as estratégias e desenham novos planos. 

O cuidado é não deixar que esse se torne apenas um período de avaliação sem ações concretas e efeitos práticos para o ano seguinte. A grande dica é definir ao máximo cada uma das metas, focar nos caminhos e prazos a cumprir. 

E quais são seus planos? Mudar de emprego? Conquistar uma promoção? Começar a estudar? Ler mais livros? Comprar uma casa? Organizar as finanças? Praticar atividade física? Cuidar da sua saúde? Ficar mais tempo com a família? Parar de fumar?

Se você deseja ter um ano diferente, prepare-se para adotar NOVOS hábitos. É certo que levar as coisas como foram não ajudará, do contrário, você não estaria se propondo a mudar. Somos o que fazemos repetidamente. Foque em hábitos saudáveis que o ajudem a alcançar seus objetivos, como, por exemplo, se distrair menos com o celular e fazer algo que seja realmente proveitoso. Seja realista! Estabeleça metas atingíveis para o próximo ano. Não transfira a responsabilidade do seu sucesso a simpatias de ano novo; nada muda se você não mudar”.