Grêmio, Palmeiras e Cruzeiro devem ser cabeças de chave no sorteio da Taça Libertadores

0
86
O Cruzeiro se classificou para a competição ao conquistar a Copa do Brasil 2018

Flamengo, Inter e Athletico-PR são mais prováveis no pote 2, e São Paulo e Atlético-MG entrariam entre os principais da fase prévia em ranking que a Conmebol divulga até amanhã

Com 45 dos 47 participantes definidos, a Libertadores de 2019 se desenha e, amanhã, conhecerá seus grupos. A Conmebol divulgará até amanhã o seu ranking do torneio atualizado e deve confirmar três brasileiros entre os oito cabeças de chave para a próxima edição: Grêmio, Palmeiras e Cruzeiro.

O ranking serve como base para a divisão dos potes no sorteio dos grupos e confrontos das fases prévias da competição, que ocorrerá na sede da entidade sulamericana, em Luque, no Paraguai, às 22h. Campeão da Copa Sul-Americana, o Athletico-PR estará no pote 2, ao lado de Flamengo e Internacional. São Paulo e Atlético-MG estarão no pote 1 da fase prévia. Equipes do mesmo país só ficarão na mesma chave caso uma delas tenha se classificado da fase prévia. Ou seja, o Tricolor e o Galo podem cair em grupos onde estejam um dos demais brasileiros.

O Globo Esporte.com fez os cálculos e atualizou o ranking da Conmebol com base nos critério sutilizados no ano passado, que devem ser os mesmos em 2019. São três itens que formam a pontuação: O desempenho histórico dos clubes, nas edições de 1960 até 2008, com pontos para quem foi campeão, vice, chegou à semifinal, além de vitórias e empates em qualquer fase desde a disputa nos grupos;

A pontuação dos últimos 10 anos, com peso maior e decréscimo de 10% a cada edição anterior – ou seja, o River Plate, atual campeão, teve 10% a mais em relação ao vencedor de 2017,o Grêmio,e assim por diante; Títulos nacionais conquistados entre 2009 e 2018 também são computados, porém com peso menor. As Copas de cada país não entram na conta.

Com o 6º lugar conquistado no Campeonato Brasileiro,
o Atlético entra na fase preliminar

Com base nos cálculos, o atual campeão River Plate novamente aparecerá com a maior pontuação.Além dos Millonarios, devem ser cabeças de chave, o Boca Juniors, o Nacional-URU, o Peñarol e o Olimpia, além de Grêmio, Palmeiras e Cruzeiro. Será possível, por exemplo, um grupo com River Plate, Flamengo, Junior Barranquilla e São Paulo.

Ainda faltam ser definidos dois representantes bolivianos. O Clausura no país está a duas rodadas do fim, e o San José está na liderança. O Royal Pari, que nunca disputou a Libertadores, é o segundo. Quem conquistar o torneio irá para a fase de grupos e entrará no pote 4. O vice estará no pote 2 da segunda fase prévia.

O The Strongest, já classificado, tem chances remotas de título. Caso levante a taça, irá para a fase de grupos e estará no pote 2. Atualmente, tem só a vaga na segunda fase prévia. O Bolívar também tem poucas chances de ser campeão e, caso vença a competição, também aparecerá no pote 2. Se for vice, estará no pote 1 da segunda fase prévia.

Junior Barranquilla e Independiente de Medellín fazem a final do Torneo FInalización da Colômbia. Ambos estão garantidos na Libertadores. O vencedor irá para a fase de grupos, e o vice entra na fase prévia. O Junior, que perdeu a Sul-Americana para o Athletico, está com ampla vantagem. Venceu o time de Medellín por 4 a 1 na ida.

Os campeonatos Equatoriano e Peruano também estão em suas decisões, mas seus finalistas estão garantidos na fase de grupos da Libertadores. O resultado final de ambos não influenciará na ordem do sorteio.

A Libertadores de 2019 começará no dia 22 de janeiro, com os confrontos de ida da fase prévia, eirá até o dia 23 de novembro, data marcada para a primeira final única da competição, em Santiago. Os primeiros brasileiros a entrarem em campo serão São Paulo e Atlético-MG. Os confrontos de ida da segunda fase prévia serão entre os dias 5 e 7 de fevereiro.

Globoesporte